Após morte de presos, 105 celulares e pistola são achados em cadeia no AM

Modem e drogas também estavam dentro da UPP, em Manaus.
No dia 2, quatro internos foram assassinados no local.

Após a morte de 60 presos dentro de unidades prisionais do Amazonas, uma vistoria na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), em Manaus, apreendeu 105 celulares, entorpecentes e uma pistola calibre 380, na quinta-feira (5). A unidade é a mesma onde quatro presos foram assassinados na segunda-feira (2).

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), os objetos foram localizados na cela 3, do pavilhão 4. O balanço da operação foi divulgado somente na noite de quinta.

Entre os materiais apreendidos estão: uma pistola calibre 380, 105 celulares, 93 baterias, 58 carregadores, 30 chips, 17 garrafas de bebida alcoólica, 9 pen drives, 9 porções de entorpecente, 38 estoques e um modem de internet.

“Após a descoberta da arma, dois internos que residiam na cela foram transferidos para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e a pistola foi encaminhada para um Distrito Integrado de Polícia (DIP)”, informou a secretaria.

A revista na UPP ocorreu três dias após a morte de quatro presos na unidade. Foram assassinados: Andrei Chaves de Moura Castro, Kevin Klive Silva Ramos, Paulo Henrique Santos Lagos e Carlos Augusto Nascimento Galucio. Um dia antes, 56 detentos foram mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim,

 g1

06/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0