Conheça Kevin Bacon, o porquinho criado ‘a pão-de-ló’ na Austrália

6877b403df7947fce852250102428158

Ela nunca foi ligada a animais de estimação, não teve cachorro ou gato na infância, mas há alguns meses a vida da baiana Laíse Guimarães Kelman, 35 anos, mudou e ela ganhou um focinho para chamar de seu. O pet, porém, é um tanto quanto exótico. Kevin Bacon tem pele rosa, pelagem branca, cerca de 40 centímetros de altura e o mesmo nariz de tomada do “Babe, o Porquinho Atrapalhado”. O nome escolhido foi uma homenagem ao ator favorito de Laíse e, claro, por conta do “trocadilho” do sobrenome: “não tive dúvidas”, disse.

Assim como o premiado Babe, o Mini Pig Kevin Bacon também vive na Austrália, em Perth, na região oeste. O porquinho de estimação, no entanto, não tem motivos para planejar qualquer fuga. Kevin Bacon tem acesso livre pela casa, piscina particular e “fica prambulando como bem quer”, segundo a consultora de vendas que vive há quatro anos no país. Quando não está brincando na terra ou comendo mato no quintal, o pet fica dentro de casa com os donos fazendo bagunça ou tirando um cochilo. “Ele gosta de estar conosco, de correr e de dormir no sofá ou na cama com a gente”, disse ela.

Os Mini Pigs vivem cerca de 18 anos, chegam ao máximo de 25 quilos e cerca de 40 centímentos de altura. São animais carinhosos, inteligentes e fáceis de adestrar. Além disso, não soltam pelos e adoram tomar banho. Essas características chamaram a atenção de Laíse na hora de escolher o primeiro pet. “Comecei a seguir contas no Instagram e páginas no Facebook de pessoas que tinham mini porcos. Sempre achei eles bonitinhos e soube que são limpinhos, independentes e super espertos, isso me atraiu”, lembrou. Depois de muito pesquisar, ela encontrou Kevin Bacon em uma fazenda a cerca de duas horas de Perth.

Criar um Mini Pig não tem muito segredo: é importante que o pet tenha espaço para brincar, tome vacinas e faça visitas de rotina ao veterinário. A dieta inclui verduras, frutas e cereais. Aos nove meses de idade, a atividade favorita de Kevin Bacon é comer. Ele gosta de batata doce, abóbora, cenoura, maçã, banana, uva, morango, aveia, arroz, cevada, entre outros alimentos, e dificilmente joga a toalha, segundo Laíse. “Estamos sempre dando agradinhos, uns biscoitinhos”, contou. Essa é uma excelente forma de ensinar o pet.

Kevin Bacon é tranquilo, afetuoso e independente. “Tem muita personalidade. Todos os dias faz algo engraçado”, afirmou a brasileira. Nos passeios ao parque e visitas a amigos, ele é sempre amável e deixa as pessoas curiosas. Kevin Bacon é a estrela da casa e para Laíse é “como um filho”: “amo passar o tempo com ele, não me canso e faço de tudo para protegê-lo”, disse.

 

Yahoo

06/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0