‘Eu quero ser um pai cinquentão’, diz Reynaldo Gianecchini

No ar como o Pedro de “A Lei do Amor”, Reynaldo Gianecchini revelou, em entrevista à revista “Contigo!”, que adotar um cachorro despertou nele a vontade de ser pai. “Depois do Mano, o meu buldogue francês, chegar, muita coisa mudou. Sempre gostei de cachorro, mas nunca tinha espaço ou tempo. E agora deu certo! Ele abriu um espaço no meu coração, pois é quase um filho e comecei a pensar bem melhor no assunto de ser pai“, explicou o ator.

O ator também contou que não pretende ser pai solteiro e por isso deve adiar os planos por algum tempo. “Não será agora. Eu quero ser um pai cinquentão, mas isso só vai depender se eu achar a pessoa certa. Se me apaixonar e tiver uma companheira, talvez anime. Não gostaria de ter uma produção independente. Adotar também seria uma ótima alternativa, mas não é a hora ainda”, afirmou Reynaldo Gianecchini.

Reynaldo Gianecchini também explicou que faz parte dos seus planos ser um pai presente. “Tem muita gente que não tem noção do que é ser pai de verdade e muitas têm essa visão romântica bem estranha. Eu quero estar preparado para poder amar e cuidar do meu filho, sem ter que deixar com babá. Desejo criar um ser humano legal para este planeta!”, disse ele.

Yahoo

14/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0