Explosão em área turística de Istambul deixa mortos e feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram na Turquia; maioria é alemã.

atentado1
Equipes de resgate e segurança trabalham em praça de Istambul alvo de explosões na Turquia

Várias pessoas morreram e ficaram feridas nesta terça-feira (12) em uma explosão de origem desconhecida no bairro turístico de Sultanahmet, perto da basílica de Santa Sofia e da Mesquita Azul, em Istambul, na Turquia.

O gabinete do governo de Istambul informou que pelo menos 10 pessoas morreram e 15 ficaram feridas, de acordo com a Associated Press e a Reuters. A maioria das vítimas é alemã, segundo a Reuters. O primeiro-ministro turco ligou para a chanceler alemã, Angela Merkel, para dar a notícia.

Ambulâncias e muitos policiais foram enviados ao local, segundo imagens dos canais de televisão e de agências de notícias.

O governo turco suspeita que a explosão tenha origem “terrorista”, afirmou uma fonte do Executivo que pediu anonimato.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que um suicida ligado à Síria seria o autor do ataque.

Segundo o vice-primeiro-ministro turco Numan Kurtulmus, a maior parte das dez pessoas mortas é de cidadãos estrangeiros.

As autoridades também indicaram que o autor do ataque foi identificado como um sírio que nasceu em 1988, declarou Kurtulmus após uma reunião de crise com o primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu.

As autoridades investigam que tipo de explosivo foi usado e quem foram os responsáveis. Autoridades turcas disseram à Reuters que é alta a probabilidade de o atentado ter sido cometido por militantes do Estado Islâmico.

A zona foi isolada pela polícia, o trânsito nas ruas adjacentes foi interrompido e o bonde próximo deixou de circular como medida de precaução, acrescentou o canal CNN-Türk.

Turistas da Alemanha e da Noruega estão entre os feridos, segundo a emissora. O Ministério das Relações Exteriores norueguês confirmou que um cidadão do país ficou ferido e foi encaminhado a um hospital para tratamento médico.

Como foi o ataque
Testemunhas citadas pela CNN-Türk afirmaram que “a forte explosão foi ouvida em distritos afastados”.

A explosão, que aconteceu às 10h18 locais (6h18 de Brasília), foi ouvida e sentida na praça Taksim, a vários quilômetros do bairro de Sultanahmet.

O bairro, a basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul são áreas muito procuradas pelos turistas na cidade.

A Turquia está em alerta desde outubro de 2015, quando bombas explodiram em frente à Estação Central de trens de Ancara, deixando mais de 100 mortos. As autoridades afirmaram que o ataque foi cometido pelo Estado Islâmico.

 G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0