Idoso se nega a deixar cães para escapar de furacão

273bf8f1eb0481adf510198dd9fc7f77

Um idoso que perdeu sua casa após o rompimento de uma barragem durante a passagem do furacão Otto pela Costa Rica recusou a deixar a região, mesmo do governo declarar estado de emergência no país. E o motivo era nobre: ele não queria deixar seus quatro cães para trás.

António Núñez foi resgatado por um jovem, que o levou para passar a noite em sua casa de um vizinho. O idoso só aceitou sair da comunidade Estrada de Matina, considerada de alto risco pelas autoridades, com a condição de que pudesse levar seus bichinhos.

“Eu morro com meus cachorros, não vou deixá-los sozinhos”, disse ele em entrevista ao jornal La Nación.

Segundo ele, o rapaz que o abrigou permite que seus animais durmam no corridor enquanto ele fica no quarto. “Não sobrou nada. Estou assim, na vontade de Deus e aguardando o que vem pela frente”, contou Núñez ao canal de televisão Teletica.

A ONG Rescate Animal decidiu ajudá-lo e levou o idoso para uma casa segura, alugada por um período de três meses. O senhorzinho também recebeu inúmeras doações para mobiliar o local e alimentos para os cachorrinhos.

Em um vídeo publicado no site da entidade, o idoso agradece toda a ajuda que recebeu e diz estar bem junto aos seus amados bichos de estimação.

 

Yahoo

28/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0