La la land: Cantando estações é o grande vencedor do Globo de Ouro com 7 prêmios

Eleito melhor comédia ou musical, filme confirmou favoritismo na premiação que é considerada prévia do Oscar. Ryan Gosling e Emma Stone também ganharam troféus.

Com sete vitórias em sete indicações, o filme “La la land: Cantando estações” confirmou o favoritismo e foi o principal vencedor do 74º Globo de Ouro (veja a lista de ganhadores abaixo). Com apresentação de Jimmy Fallon, a cerimônia aconteceu na noite deste domingo (8) no Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills, na Califórnia. A homenageada da noite, Meryl Streep foi bastante aplaudida por seu discurso, no qual celebrou os estrangeiros em Hollywood e criticou o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

Entregue pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla original), o Globo de Ouro é uma das principais premiações de Hollywood anteriores ao Oscar. O evento contempla categorias do cinema e da TV.

“La la land” ganhou nas seguintes categorias: melhor comédia ou musical; melhor diretor e melhor roteiro, para Damien Chazelle; melhor ator em comédia ou musical, para Ryan Gosling; melhor atriz em comédia ou musical, para Emma Stone; e melhor canção original e melhor trilha sonora, ambas para o compositor Justin Hurwitz. O filme apresenta a história da aspirante a atriz Mia (Stone) e do músico de jazz Sebastian (Gosling), que lutam por oportunidades em Los Angeles.

O melhor filme de drama foi “Moonlight: Sob a luz do luar”, que segue a vida de um jovem negro crescendo em um bairro violento de Miami. Este acabou sendo único prêmio do longa, que tinha ao todo seis indicações.

Outro dos principais concorrentes que saiu com apenas um troféu foi o drama “Manchester à beira-mar”, sobre um homem que é forçado a retornar para sua cidade natal para cuidar do sobrinho adolescente após a morte do irmão. Concorrendo em cinco categorias, a produção rendeu o prêmio de melhor ator em filme de drama para Casey Affleck.

Uma das maiores surpresas da noite foi a vitória da francesa Isabelle Huppert na categoria melhor atriz em filme de drama, pelo trabalho em “Elle”. A produção dirigida por Paul Verhoeven foi escolhida ainda o melhor filme estrangeiro. Isabelle superou Amy Adams (“A chegada”), Jessica Chastain (“Miss Sloane”), Ruth Negga (“Loving”) e Natalie Portman (“Jackie”).

g1

09/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0