Novos valores de taxas de autoescolas entram em vigor em Alagoas; Confira


O Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), recebeu nessa terça-feira (12), na sede da autarquia, representantes de Centros de Formação de Condutores (CFCs) de todo Estado para discutir sobre a fiscalização com relação à portaria Nº 1982/2015, que estabelece os valores mínimos e máximos para os serviços cobrados por autoescolas.

De acordo com um cálculo realizado pela Gerência de Serviço de Capacitação e Controle de CFCs do Detran/AL, os valores iniciais já com o adicional da taxa cobrada pelo órgão são: Categoria “A” mínimo R$ 1.030,67 e máximo R$ 1.612,82, Categoria “B” mínimo R$ 1.532,11 e máximo R$ 2.163,08, Categoria “AB” mínimo R$ 2.015,71 e máximo R$ 2.858,48.

“Nós convocamos a direção do Detran justamente para trabalhar em cima da fiscalização de um modo geral, não apenas na questão de valores. O sindicato está abraçando essa causa junto ao departamento de trânsito, pois os CFCs não podem deixar a qualidade de lado, isso é muito perigoso em um país que perde 80 mil vidas todos os anos, vítimas de acidentes de trânsito”, destacou o presidente do sindicato dos CFCs de Alagoas, João Batista.

“Os Centros de Formação de Condutores são a alma do Detran e a formação é a consequência daquilo que a gente luta, que é o trânsito mais seguro. Vamos fazer um plano de ação para que todos cumpram a portaria e a fiscalização será de forma integrada com o apoio do Conselho Estadual de Trânsito”, ressaltou o diretor-presidente do órgão, Antônio Carlos Gouveia.

A portaria entrou em vigor no dia 01 de janeiro deste ano e os donos de CFCs que descumprirem a regulação serão punidos, e em caso de reincidência os estabelecimentos podem perder o credenciamento de funcionamento emitido pelo Departamento.

A reunião contou com a presença do presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), José Bastos Barroso, do Chefe de Educação para o Trânsito (Edutran), Daniel Celestino e Alex Cardoso da Gerência de Serviço de Capacitação e Controle de CFCs.

Fonte: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0